Descanso e Dieta


 

Qualidade do Sono

Sendo o sono o que nos permite recuperar das actividades diárias, o bem-estar físico está evidentemente relacionado com a quantidade e qualidade do sono. Monitorizar sistematicamente as horas de descanso é uma prática importante especialmente em períodos conturbados como os que actualmente vivemos. 

A maioria dos estudos sugerem que para um adulto o ideal são entre 7 e 9 horas de  sono diário. Pequenos desvios a esse padrão de descanso não é considerado preocupante. Mas a incapacidade de obter um sono regular de qualidade poderá ter impacto na saúde a curto e longo prazo. Os sinais mais frequentes deste défice de sono incluem fadiga, falta de concentração, irritabilidade, falta de foco, inactividade, distração e falta de paciência.

Recomendações

Entre as boas práticas recomendadas para obter um sono regular e reparador incluem-se:

  • Estipular um horário fixo para adormecer e para acordar.
  • Assegurar que o local de descanso é sossegado, escuro e devidamente climatizado.
  • Evitar ingerir alimentos, cafeina ou álcool 2 horas antes da hora de dormir.
  • Garantir a prática de exercício físico diário
  • Dedicar algum tempo a leitura, conversação ou a reflectir sobre o dia antes de se deitar
  • Evitar o uso de dispositivos electrónicos

Cuidados com a Alimentação

Nesta área também existem alguns hábitos e comportamentos que podemos adoptar para melhorar o nosso bem-estar físico e a nossa disposição  bem  como  a  dos  que  nos  rodeiam.

O que comemos e bebemos  afecta a forma como nos sentimos, como pensamos  e  como agimos.

Manter uma dieta  equilibrada é essencial para o nosso bem-estar.  Entre os bons hábitos alimentares incluem-se: a programação de refeições regulares, a limitação do consumo de produtos processados, a ingestão frequente de líquidos, a limitação do consumo de álcool, a ingestão de alimentos variados  e  em quantidades  certas  por  forma a manter um peso corporal  saudável, entre outras.

Está provado que, por exemplo, o consumo equilibrado e variado de alimentos ajuda inclusivamente a prevenir estados de ansiedade. Tal como a ingestão suficiente de líquidos não só tem um impacto positivo em termos de ansiedade como também na diminuição da fadiga.

Não esquecer também outra faceta importante da alimentação, as refeições por si só podem ser excelentes oportunidades para estar em família, aproveitando esse momento para conversar e partilhar as várias emoções que se têm sentido nos últimos tempos.

Desempenho e segurança são aspectos que estão directamente relacionados com a forma como os colaboradores desenvolvem as suas funções. Desde os operacionais até aos directores, passando pelos supervisores e chefias, há uma interdependência entre o bem-estar individual e o colectivo. A realidade que actualmente vivemos obrigou à criação de medidas excepcionais que permitissem manter a prestação ininterrupta do serviço de controlo de tráfego aéreo assegurando as condições de higiene e segurança necessárias. Estas circunstâncias têm gerado desafios sem precedentes, que na maioria dos casos estão relacionados com a forma como percepcionamos a presente situação de crise. Independentemente da função e respectivas responsabilidades, o actual contexto obriga a que nos preocupemos mais com o nosso bem-estar e com o dos restantes colegas.