Sempre que um Controlador de Tráfego Aéreo é colocado numa nova torre ou centro de controlo é necessário um período de formação e treino de modo a adquirir os conhecimentos necessários para exercer naquela unidade particular ou sector. Neste período, denominado On the Job Training (OJT), o instruendo é acompanhado por um controlador detentor dos respectivos averbamentos de órgão e de instrutor (OJTI).

A formação decorre maioritariamente em tráfego real, sendo que o OJTI responsável pela formação acompanha, ao segundo, as acções do instruendo estando sempre pronto a intervir se necessário. Ultrapassado com sucesso o período de formação, o controlador adquire as qualificações e averbamentos necessários para exercer a função nesse sector em particular.